Loading...

quinta-feira, 21 de julho de 2011

um amor distante!

Meu querido amor,
Tentei de todas as maneiras,
Explicar ao meu coração,
Tão indefeso e até mesmo inocente,
Que ele não deveria se entregar assim,
Ao desconhecido caminho do amor,
Mas ele não me escutou,
E até mesmo de mim zombou,
E me desafiou se eu resistiria ao amor,
Sempre tive um coração,
Que não escuta a razão,
E é completamente dominado pela emoção,
E agora cegamente se entregou a esse amor,
Um amor que ultrapassou a distância,
Desafiou o desconhecido,
Que deseja apenas ser vivido,
Que precisa transformar o sonho em realidade,
Mas é um amor tão bonito,
É puro e verdadeiro,
Mas às vezes sofrido,
Estamos ligados pela alma,
E quem sabe por quantas vidas,
Mas nossos corpos estão distantes,
Posso ouvir a sua voz,
Que aquece meu coração,
Mas não sinto o brilho do seu olhar,
Posso ouvir o seu pranto,
Mas não posso secar suas lágrimas,
E nem você as minhas,
Sou capaz de escutar o seu riso,
Mas não posso rir junto de você,
Tenho o seu 'retrato olhando' para mim,
Mas não posso tocar seus traços,
E desenhar seu rosto com meus dedos,
E tampouco afagar seus cabelos,
Não posso sentir o seu abraço,
E nem o sabor do seu beijo,
E me entregar completamente em seus braços,
E depois adormecer sentindo a sua respiração,
E nesse momento surge a cruel lança da insegurança,
Que fere e faz sofrer,
Fazendo meus olhos verem,
O que não deviam ver,
Alimentando uma insensata imaginação,
Transformando-se em ciúme,
Trazendo o medo de perder você,
E que a distancia possa vencer,
E cruelmente nos separar,
Mas as lágrimas que agora queimam meu rosto,
São a minha certeza que amo você,
E que o sonho será enfim realidade,
E que o amor vencerá a distância,
Porque já está escrito nas linhas da vida,
E perpetuado na eternidade,
Que eu sempre fui seu
E que você sempre foi minha...

Inserir Musica

Um comentário:

  1. Que lindo, Dylan!

    Tenho certeza que a saudade é a prova de que o amor existe. E a distância, mesmo sendo difícil, pode se tornar irrelevante para quem realmente ama.

    Beijo!

    ResponderExcluir